Aprimore como a jardinagem é feita em seu condomínio!

142 Grupo Sea (2) - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA

Índice

Morar rodeado de plantas, flores e árvores melhora o bem-estar, a qualidade de vida e a saúde das pessoas. Por isso, é bom valorizar a jardinagem de condomínio, cuidando dele da forma correta, com profissionalismo e manutenção em dia.

Saber escolher as plantas e os lugares em que serão cultivadas faz parte do processo.

Vantagens de fazer a jardinagem do condomínio e preservá-la:

  • Diminuição do calor;
  • Mais sombras para o lazer nos dias de sol muito quente;
  • Aproximação dos pássaros;
  • Melhoria na qualidade do ar;
  • Isolamento acústico: a vegetação dos jardins ajudam a diminuir e isolar ruídos;
  • Condomínio e apartamentos mais valorizados, devido à apresentação, ou seja, com uma decoração natural.

O paisagismo em condomínios busca suprir a carência de espaços verdes das grandes metrópoles e aproximar os moradores à natureza. As áreas ajardinadas dos condomínios são locais importantes para o convívio e contemplação.

Além dos cuidados necessários para a manutenção dos jardins, obras interessantes podem ser feitas para melhorar o local e deixá-lo mais atrativo. A instalação de decks, pérgolas, bancos, fontes e sistema de iluminação planejado são alguns exemplos.

Lembre-se, também, que árvores frutíferas atraem pássaros e borboletas, deixando o ambiente ainda mais bonito e colorido.

Jardinagem de condomínio: dicas para todas as estações

Preparamos dicas importantes para cuidar da jardinagem de condomínio e conservar as áreas verdes sempre viçosas nas quatro estações do ano.

Escolha as plantas

Verifique quais as espécies que se adaptam ao clima e que florescem em estações diferentes, preservando a harmonia do jardim o ano todo. Prefira as que promovem a sustentabilidade ao jardim e não necessitam de muitos nutrientes ou irrigação.

Tome cuidado, ainda, com a escolha do tipo de espécies de plantas, algumas não se combinam entre si.

Pode os galhos com regularidade

Defina os galhos da árvore que podem ser podados. Remova os galhos enfraquecidos, doentes ou mortos. Isso favorece o envio de nutrientes para os galhos saudáveis. Busque tirar também o excesso de galhos para ajudar a circulação de ar e evitar o aparecimento de insetos e fungos.

Já a poda para moldar a árvore deve ser feita apenas uma vez por estação. Essa ação é necessária para assegurar a vida e a beleza das árvores, além de garantir mais sombra e um ambiente mais fresquinho.

Retire as árvores que ofereçam risco de queda

Quando houver risco de queda de alguma árvore no jardim do condomínio, providencie sua retirada e plante outra no local. A extração da árvore deve ser feita por uma equipe especializada.

Mantenha o gramado sempre cortado

As gramas precisam ser capinadas com regularidade para que fiquem bonitas e sempre verdes, evitando o aparecimento de ervas daninhas e insetos. O ideal é que o gramado seja mantido com altura de 8 centímetros.

Evite doenças e pragas

Fique atento, principalmente, na primavera, quando há o aumento das pragas no jardim, como cupins, lagartas, formigas, entre outras. Isso se dá devido às temperaturas mais quentes, que são mais propícias para a reprodução.

Com o calor, as flores e as frutas começam também a reaparecer, ocorrendo a aceleração do metabolismo. Se não houver conservação e cuidados em áreas verdes, pode haver desequilíbrio ecológico no ambiente.

As lagartas precisam ser removidas manualmente com luvas de proteção. Utilize também arruda, um repelente natural.

Já as formigas podem ser evitadas se você espalhar gergelim nos canteiros e no formigueiro. Você pode utilizar também iscas formicidas, vendidas em lojas de jardinagem, quando a quantidade de formigas for grande.

Ocupe todos os espaços vazios

Mantenha o solo sempre com uma cobertura vegetal adequada. Isso ajuda as águas fluviais a serem absorvidas pelas raízes das árvores e plantas, sem causar a instabilidade do solo ou erosão.

Conte sempre com a ajuda de um especialista

Seja jardineiro, paisagista ou uma empresa de jardinagem. O importante é contar com o acompanhamento e a manutenção de profissionais especializados que tenham conhecimentos mais específicos para cuidar dos diferentes tipos de plantas, controlar as pragas e insetos e fazer as podas e adubagem nos períodos corretos.

Crie e respeite o cronograma de manutenção

Junto com o profissional de jardinagem, crie e acompanhe um cronograma de manutenção, contendo principalmente as seguintes tarefas:

  • varrer folhas e flores do chão;
  • regar as plantas, de acordo com a necessidade de água de cada uma;
  • retirar plantas daninhas;
  • adubar a terra;
  • colocar compostos químicos para a prevenção de pragas e fungos;
  • aplicar fungicidas ou inseticidas;
  • realizar as podas nas plantas, árvores e gramas;
  • aplicar fertilizantes;
  • limpar os canteiros;
  • renovar a matéria orgânica para garantir a saúde e beleza das plantas, suas folhas e flores e mais.

Fonte: TudoCondo

Fonte: Viva o Condomínio

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis   O síndico é a pessoa designada legalmente para representar o condomínio. Entre suas responsabilidades estão a administração do condomínio, a garantia do cumprimento das regras para promover uma convivência harmoniosa entre os moradores, o fornecimento de prestação de contas e outras obrigações estabelecidas

Recomendado só para você
Durante a pandemia surgiram ideias em condomínio que vieram para…
Cresta Posts Box by CP