Síndico, está recebendo pressão dos moradores? Entenda como lidar corretamente com elas!

142 Grupo Sea - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA

Índice

Reagir com grosseria, rispidez ou agressividade não resolve a questão, apenas agrava ainda mais. Veja como superar a oposição e realizar uma gestão tranquila

Infelizmente, no curso da gestão de um síndico, a rotina de trabalho em sua maioria gravita no âmbito de ambientes rodeados de acusaçõesreclamações constantes e falta de reconhecimento por parte dos condôminos.

É tanta pressãoinjustiças, tantas calúniasdesconfianças que se torna um desafio gigante para um síndico não se deixar abater e continuar trabalhando.

Para amenizar as compressões, deve o gestor sempre agir com honestidade integridade  para cumprir seu mandato com integridade transparência.

O síndico de hoje tem que vencer desafios ainda maiores que os síndicos de décadas atrás. Na era da informação, muitas notícias ficam disponíveis – nem sempre corretas – e levam muitos leigos a achar que entendem de tudo apenas porque abriram o celular ou viram uma divulgação de alguma notícia, ou quem sabe o  debate de algum tema.

O síndico tem uma função extremamente importante no contexto da gestão condominial. Trabalhar para preservar o bem comum, zelar pela segurança de todos são alguns exemplos.

Com isso, o síndico traz consigo uma imensa responsabilidade (civil e criminal) e uma obrigação de administrar situações delicadas e grotescas na gestão condominial.

Como o síndico deve agir diante da pressão dos moradores

É necessário um grande esforço no sentido de não se abater, regulando-se por meio de uma gestão honesta, correta e transparente, estes são os princípios básicos.

Se não existir dentro do mandato do síndico uma destas características, certamente ficará extremamente difícil administrar com tranquilidade.

Reagir em situações de pressão com grosseria, rispidez ou agressividade não resolve a questão, apenas agrava ainda mais.

É essencial que os síndicos se revistam de uma “carcaça” muito forte e acreditem que existem mais pessoas do bem do que aqueles sem caráter.

Lamentações ou atitudes de recuo também não resolvem esses problemas. Na verdade, o grande desejo destes “indivíduos tóxicos” é destruir; nunca agregar.

Sem dúvida nenhuma é um grande desafio enfrentar estes fatos para qualquer síndico, mas desistir é muito pior. O dito popular já diz: “Desistir é a saída dos fracos, persistir é a alternativa dos fortes.”

Portanto, vamos então às 8 dicas para não se abater e enfrentar as dificuldades, seguindo estes verbos:

  • Desafiar os opositores com firmeza;
  • Enfrentar as dificuldades com inteligência emocional;
  • Acreditar que você pode resolver a qualquer demanda;
  • Valorizar sua gestão com realizações e transparência;
  • Abater-se  jamais;
  • Procurar apoio dos que não participam;
  • Desistir jamais;
  • Persistir sempre!

O síndico tem sempre o que melhorar

Hoje, a moderna ciência de administração sabe que uma das causas que pode provocar a falência de qualquer organização ou de um profissional é a sensação do pleno êxito.

A gestão do síndico que começa a ruir é aquela que se acha a melhor ou acredita já ter atingido todos seus objetivos. A ideia do êxito causa acomodação e isso acaba com qualquer gestão condominial.

Por isso, sofrer pressões faz parte do êxito e tira você, síndico, da zona de conforto, mas não se abater é fundamental, podendo certamente conduzir ao fiel cumprimento da obrigação assumida.

Enfim, se o síndico conseguir colocar em prática estas oito dicas, vai se tornar cada vez mais forte e seguro em sua gestão, caminhando sempre com seus objetivos definidos e sem intervenções.

Faça então como o rio: ele nasce com um único objetivo, que é chegar ao mar. Então fica a lição para você síndico: assuma uma gestão com coragem e determinação e termine com muito suor e grande contemplação!

Fonte: Síndiconet

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos?

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos? Por Fernando Augusto Zito e Carlos Simão* Essa questão está se tornando cada vez mais comum na vida em condomínios, devido ao aumento significativo na venda de carros elétricos e híbridos no Brasil. De acordo com a ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores),

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Recomendado só para você
Coleta é uma alternativa viável e sustentável para minimizar o…
Cresta Posts Box by CP