Você conhece as regras para o uso do elevador dentro do condomínio?

Índice

Regras de uso do elevador do condomínio

É importante observar as regras de uso do elevador do condomínio para que haja um bom convívio entre todos. Veja as regras mais comuns.

Todos os moradores precisam conhecer e cumprir as orientações sobre o uso correto do elevador do condomínio.

Este tipo de comportamento não somente garante economia de energia, como também evita desentendimentos e polêmicas.

Tanto quanto em relação a outros equipamentos e espaços comuns, é importante observar as regras de uso do elevador do condomínio para que haja um bom convívio entre todos.

Uma das regras que vêm sendo observadas pelos condomínios é que elevador social é destinado ao transporte de pessoas, enquanto o elevador de serviço é destinado a cargas, animais de estimação e banhistas.

Sendo assim, empregados dos moradores utilizam o elevador social.

Regulamento Interno
Esta e outras orientações para otimização e uso correto do elevador do condomínio devem ser deliberadas em assembleias e descritas no Regimento Interno de cada condomínio.

Devem ser rigorosamente observadas por todos os condôminos e funcionários, evitando assim mal entendidos e restrições descabidas.

Uma vez que a Constituição Federal aprovada em 1988 assegura a igualdade de todos perante a Lei, sem distinção de qualquer natureza, vale lembrar que restrições de uso do elevador social só se justificam quando a pessoa estiver carregando alguma carga, baldes, vassouras, rodos ou qualquer outro material de limpeza.

Além de banhistas e animais, o elevador de serviços, como o próprio nome já diz, deve ser utilizado principalmente para mudanças, transporte de carrinhos de supermercados cheios ou vazios e todo material utilizado em reformas.

No caso de banhistas, as regras estipuladas podem exigir que eles utilizem apenas os elevadores de serviço, evitando umidade nos carpetes do social e resíduos de areia e do mar que podem acarretar ferrugem e outras deteriorações.

Respeito e bom senso
Outro ponto que gera muitas discussões quanto a utilização do elevador de condomínio é quando se está com compras ou encomendas.

Também aqui deve haver respeito às regras estipuladas e bom senso.

Se o que está sendo carregado causar mal cheiro ou mesmo soltar algum tipo de resíduo, o mais indicado é a utilização do elevador de serviço.

O mesmo vale para quando se está fazendo uso do carrinho de compras do condomínio.

Caso contrário, compras e encomendas, quando bem embalados, não causam prejuízos ao próprio elevador e nem a outros condôminos que podem estar utilizando o equipamento.

Regras de bom uso do elevador do condomínio
  • Evite deixar crianças desacompanhadas nos elevadores;
  • Não acione várias vezes o botão de chamada;
  • Nunca chame dois elevadores ao mesmo tempo;
  • Não bloqueie ou impeça o fechamento das portas;
  • Verifique que o elevador realmente esteja parado no andar chamado;
  • Não acione o botão de emergência sem necessidade;
  • Observe sempre a lotação máxima;
  • Evite movimentos bruscos ou brincadeiras como pular no interior da cabine;
  • Espere os usuários sair para, somente depois, entrar;
  • Não fume no interior dos elevadores;
  • Evite a entrada de água no poço;
  • Não force a abertura ou fechamento das portas.

Como outros assuntos polêmicos em um condomínio, recomenda-se que sempre as regras sejam observadas de acordo com o que foi aprovado em assembleia e estabelecidas no Regimento Interno.

Fonte: Tudo Condo

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos?

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos? Por Fernando Augusto Zito e Carlos Simão* Essa questão está se tornando cada vez mais comum na vida em condomínios, devido ao aumento significativo na venda de carros elétricos e híbridos no Brasil. De acordo com a ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores),

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Recomendado só para você
Locação Airbnb STJ julga proibição de plataforma em condomínio 3ª…
Cresta Posts Box by CP