Infiltração em apartamentos: saiba o que fazer ao identificá-la

142 Grupo Sea (14) - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA

Índice

Identificou uma infiltração no seu apartamento? Saiba como lidar com essa situação e quem deve se responsabilizar pelo pagamento dos reparos

Você sente que as paredes da sua casa estão úmidas? Que a pintura do teto do banheiro está descascando? Começaram a aparecer manchas escuras e indícios de mofo no seu apartamento?

Provavelmente tem alguma infiltração no seu apartamento, no imóvel do vizinho ou na estrutura do prédio. Ninguém quer ser vítima de uma infiltração, pois elas indicam que algo está errado e que pode haver danos na estrutura do seu imóvel.

Entretanto, além da dúvida de descobrir onde está a infiltração e como resolver esse problema, o que tira o sono dos inquilinos ou proprietários do local é: quem vai pagar essa conta?

Por exemplo, se a infiltração está no apartamento de cima e isso danificou o banheiro ou sala do andar de baixo, quem deve pagar pelo prejuízo?

Para solucionar essas dúvidas e te preparar para esse tipo de situação, abaixo separamos o que fazer ao notar uma infiltração no apartamento.

Boa leitura!

Como identificar uma infiltração no apartamento?

Normalmente, quando há infiltração em apartamento, alguns indícios vão aparecendo com o tempo. Como: manchas escuras nas paredes, pintura descascando, mofo e outros.

Contudo, esses são indícios sutis. Em casos graves e urgentes, é possível notar água escorrendo pelas paredes ou pelo teto no local da infiltração. Em ambos os casos é preciso contratar um profissional ou uma empresa especializada para resolver o problema.

Antes disso, para identificar se realmente há uma infiltração, chame o zelador do seu condomínio e mostre os indícios. Como ele possui alguns conhecimentos prévios desses problemas, conseguirá identificar a infiltração.

Feito isso, o zelador irá notificar o síndico ou a administradora do condomínio para contratar um profissional ou empresa especializada e resolver o problema ou você mesmo poderá resolver essa situação.

De onde vem a infiltração e como resolver esse problema?

Infiltrações são escapes de água de alguma tubulação e encanamento que sofreu algum dano ou desgaste. Desse modo, essa água que escapa do fluxo vai se infiltrando na estrutura do prédio, danificando outros elementos.

Por exemplo: é comum o sistema de encanamento dos apartamentos e das áreas comuns do condomínio serem os mesmos, assim, se houver algum dano na tubulação, próximo ao seu apartamento, a infiltração vai aparecer para você e não para todo o condomínio.

Entretanto, nesse caso, é necessário revisar toda a tubulação para evitar que o problema se repita.

Existem várias causas para o surgimento de uma infiltração. Pode ser um defeito no encanamento do condomínio ou do apartamento. Outra causa comum são as reformas sem conhecimento prévio da planta do apartamento.

Nesses casos, durante a reforma, pode ser que alguma tubulação seja danificada e ninguém vê na hora, só depois da infiltração de fato acontecer.

Assim, para resolver esse problema é necessário contratar um profissional ou empresa especializada para descobrir a causa e analisar as tubulações e encanamentos.

E o melhor é que, atualmente, nem sempre é necessário quebrar paredes para localizar o vazamento. Com o auxílio da tecnologia, existem aparelhos específicos que detectam vazamentos e a empresa consegue saber exatamente onde está o problema e só quebrar a parede naquele ponto.

Mas afinal, quem deve pagar a conta dos reparos?

Nesses casos, para decidir quem vai pagar a conta é preciso fazer uma análise de onde vem a infiltração e o que está causando o problema. Nisso, o profissional ou a empresa que o condomínio ou você contratou pode ajudar.

Quem deve pagar a conta é quem causou a infiltração. Entretanto, nem tudo é tão fácil assim. A briga pelo pagamento do reparo da infiltração pode gerar algumas dores de cabeça.

Por exemplo:

  • Quando a infiltração vem do banheiro do apartamento de um vizinho e isso acaba trazendo problemas para o seu apartamento;
  • Quando a infiltração vem da falta de impermeabilização do condomínio;
  • Quando o vazamento ocorre por causa de algum problema na rede de água e esgoto do condomínio;
  • Quando o vizinho de cima faz uma reforma e acaba danificando o encanamento do seu apartamento.

E por aí vai. Motivos não faltam, mas quem deve ser o responsável pelo pagamento é quem causou os problemas, por mais que ele negue essa responsabilidade.

Assim, para deixar bem claro, abaixo exemplificamos algumas situações e os responsáveis pelo pagamento.

1 – Quando o condomínio deve pagar pela infiltração?

É comum o morador do local com infiltração culpar o condomínio pelo ocorrido, o que faz sentido, pois boa parte das tubulações são de responsabilidade do empreendimento.

Entretanto, o condomínio só vai pagar essa conta caso a infiltração tenha vindo de coluna ou tubulação central, áreas comuns ou da laje.

2 – Quando o condômino deve pagar pela infiltração?

Quando há mau uso das dependências do apartamento ou é constatado dano na área interna, é comum surgirem infiltrações e isso é responsabilidade do condômino.

3 – Quando o vizinho deve se responsabilizar pelo pagamento da infiltração?

Quando você percebe que o teto do seu banheiro ou alguma parte de cima do apartamento apresenta indícios de infiltração, provavelmente o problema tem início no apartamento vizinho.

Nessa situação, ele será o responsável pelos custos e os reparos deverão ser feitos no apartamento dele, já que é o foco da infiltração.

4 – E se o apartamento for alugado?

Quando o imóvel for alugado, o proprietário deve pagar as despesas da infiltração quando ela for por desgaste natural da estrutura e também por mau uso do inquilino ou reforma que este tenha feito. É o condômino – morando ou não na unidade – quem responde por qualquer questão relacionada ao imóvel. Ele deve arcar com as despesas e cobrar do inquilino.

5 – E quando a infiltração é na fachada do prédio ou na cobertura?

Nesse caso em específico, deve-se averiguar se o terraço da cobertura é responsabilidade do condomínio ou do condômino que mora na cobertura – o responsável pela área – seja condomínio, seja condômino da cobertura – é quem arca com a despesa.

Contudo, nessa situação, ainda pode haver uma outra via de responsabilidade: a construtora. É necessário verificar se o prédio está na garantia, pois se estiver, a responsabilidade do reparo pode ser da construtora.

Quando se entrega um empreendimento imobiliário, existe um período de garantia pela impermeabilização da cobertura e do terraço e se essa garantia ainda estiver valendo, a construtora deve pagar pelos reparos.

Se ela negar responsabilidade e o reparo for urgente, o condomínio deve realizar as obras necessárias e depois cobrar a construtora, por meios extrajudiciais ou até mesmo movendo uma ação.

Como proceder em casos de infiltração?

Como falamos acima, quando se trata de responsabilizar alguém pelo pagamento, pode ser que as coisas não sejam tão fáceis.

Por isso, recomendamos tentar resolver tudo de forma amigável, sem brigas ou desentendimentos.

Para fazer isso, peça ao síndico para notificar o vizinho, se for o caso, ou converse com o síndico quando o problema for do condomínio.

Agora, se a conversa não for amigável, o indicado é procurar o Juizado Especial Cível e ir atrás dos seus direitos. Caso o reparo seja urgente, você pode resolver o problema, efetuar o pagamento e pedir ressarcimento na ação judicial.

Confira as orientações do advogado João Paulo Rossi Paschoal neste vídeo:

Como prevenir seu apartamento de infiltrações?

Uma forma de não ter que passar pelo problema da infiltração no seu apartamento é fazer bom uso do imóvel e também levar a ideia de manutenções e vistorias constantes na estrutura do condomínio para as assembleias.

Outra dica é trocar os encanamentos antigos por novos, fazer reformas apenas com empresas especializadas e sempre ficar de olho em possíveis vazamentos.

Fazendo isso, você previne as infiltrações e ainda ajuda na economia de água do seu apartamento e do condomínio.

Portanto, agora que você sabe o que fazer ao notar uma infiltração no seu apartamento, tire suas dúvidas sobre assuntos que envolvem seu apartamento, o condomínio e suas atribuições como morador.

 Fonte: Síndiconet

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis   O síndico é a pessoa designada legalmente para representar o condomínio. Entre suas responsabilidades estão a administração do condomínio, a garantia do cumprimento das regras para promover uma convivência harmoniosa entre os moradores, o fornecimento de prestação de contas e outras obrigações estabelecidas

Recomendado só para você
De acordo com STJ morador inadimplente e seus dependentes não…
Cresta Posts Box by CP