Mora em condomínio e tem um doguinho? ATENÇÃO, estes erros são perigosos!

142 Grupo Sea (3) - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA

Índice

Com 70% de sua clientela concentrada em condomínios, o adestrador e passeador Allan Galvão alerta para o efeito prejudicial da humanização dos pets

Cachorros são feitos para ser cachorros. Quem age diferente com seu pet, tratando-o como um bebê, age muito mal, afirma Allan Galvão, dono da Passos de Cão, uma empresa em Curitiba (PR) que, desde 2015, se dedica a adestrar e passear com os totós, principalmente aqueles que vivem em condomínios – 70% de sua clientela.

Galvão foi metalúrgico durante 20 anos até que decidiu seguir sua vocação: treinar e cuidar desses animais fantásticos de habilidades maravilhosas. Para quem insiste em calçar meias no cachorrinho, cobri-lo com touca, enrolá-lo no cachecol e – arre – enchê-lo de perfume, é bom saber que está cometendo um grande erro. Muito provavelmente está encurtando a vida do bichinho.

A natureza preparou os cães para se cuidarem sem a nossa ajuda, em ambientes mais imprevisíveis do que o meio urbano. Eles escutam muito bem. São capazes, por exemplo, de ouvir os barulhinhos do videogame do morador do prédio vizinho. Por isso latem quando parece não haver nenhum sentido para isso.

Cachorros também identificam milhares de odores. Possuem 300 milhões de receptores olfativos, ao passo que nós, pobres humanos, temos 5 milhões – 60 vezes menos. Quando os cães passeiam, e eles adoram fazer isso – não à toa, a profissão de passeador de cão prolifera no mundo –, cheirar um poste onde outro cachorro urinou é o mesmo para eles do que ler um código de barras.

Agora imagine que o dono resolva borrifar uma fragrância no bicho. Acredite, para o ser humano colocar uma venda nos olhos e atravessar uma avenida movimentada seria menos confuso. Por isso, diz Galvão, é preciso respeitar os instintos do cão. Nada de tratá-lo como um bebê ou uma boneca.

Fonte: Viva o condomínio

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

5/5 - (1 vote)

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis

Quando o síndico pode ser processado? Veja lei e casos possíveis   O síndico é a pessoa designada legalmente para representar o condomínio. Entre suas responsabilidades estão a administração do condomínio, a garantia do cumprimento das regras para promover uma convivência harmoniosa entre os moradores, o fornecimento de prestação de contas e outras obrigações estabelecidas

Recomendado só para você
SOFTWARES E SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PODEM AGILIZAR TRABALHO DOS SÍNDICOS O…
Cresta Posts Box by CP