Carros elétricos: a garagem do seu condomínio já está preparada para eles?

142 Grupo Sea - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA

Índice

Mais cedo que imaginamos, carros elétricos vão substituir os convencionais e os condomínios precisarão se adaptar para esse futuro, a começar pela eletrificação da garagem

Em 2015, praticamente todos os países da ONU assinaram o Acordo de Paris, que apresentou ao mundo uma série de metas a serem atingidas com o objetivo de conter as mudanças climáticas.

O compromisso foi reforçado no final de 2021, na conferência internacional COP 26. Descarbonizar as economias faz parte dessas metas e, nesse sentido, o carro elétrico é menina dos olhos.

No Brasil, isso não é diferente. Uma pesquisa recente da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) prevê um aumento de 300% a 500% no número de automóveis elétricos, só nos próximos cinco anos.

O líder em tecnologia da Kard Tecnologia, Thiago Pinatel, conta que a tendência mundial é de que os carros elétricos sejam predominantes em deslocamentos de percursos pequenos nas metrópoles.

“Para termos uma ideia, a Bloomberg New Energy Finance estima que, até 2040, a frota mundial saltará de 2 milhões para 56 milhões de veículos elétricos. Significa que, em duas décadas, o número de carros elétricos circulando no mundo deve superar o de veículos convencionais”.

Segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel), a autonomia média de um veículo elétrico chega a 300 km, com custo de carregamento de R$ 36, enquanto o veículo a combustão cobra R$ 120 para completar a mesma distância.

Ou seja, em comparação a um veículo convencional, abastecer um elétrico é três a quatro vezes mais barato. E isso considerando que novas tecnologias ainda estão para surgir e melhorar o custo-benefício dos veículos elétricos.

Diante desta mudança veloz de cenário, alguns síndicos começaram a instalar algumas unidades de carregador veicular.

Entretanto, Pinatel recomenda que o condomínio forneça a infraestrutura necessária para o conforto geral, já que, em menos de cinco anos, muitos moradores poderão ter veículos elétricos. Para tanto, a Kard Tecnologia oferece o projeto executivo para preparar o condomínio para essa nova realidade.

Como funciona

Para preparar o projeto que disponibilizará tomadas industriais para cada vaga, a equipe da Kard Tecnologia é composta por engenheiros, eletricistas, fornecedores e parceiros especialistas. Por se tratar de uma infraestrutura e cálculos de grande porte, é muito importante contar com apoio de empresa especializada em eletrificação.

Os carregadores atendem aos padrões estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT NBR IEC 61851-21-2 DE 11/2021). Cada veículo elétrico precisa de três a vinte e dois quilowatts por hora para ser recarregado.

Com base nessa avaliação, os eletricistas e engenheiros projetam as adequações requisitadas para que as estações de recarga tenham quadros próprios de distribuição de energia, disjuntores, dispositivos de segurança contra surtos e transformadores.

O condomínio tem apenas que oferecer a infraestrutura para que essa energia seja fornecida e devidamente cobrada.

Quanto custa

O serviço de eletrificação de garagens da Kard Tecnologia é realizado com materiais de primeira linha e engenheiros contratados, altamente qualificados. O valor cobrado por garagem é estimado em R$ 5.000,00, custo custo que pode variar um pouco dependendo do número de vagas eletrificadas.

“Entendemos que a eletrificação das garagens também será um diferencial e valorização para as unidades”, resume Pinatel.

Fonte: Síndiconet

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Administração de condomínios em Osasco | Grupo SEA
Veja também

Posts Relacionados

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos?

O condomínio é obrigado a instalar tomadas para carros elétricos? Por Fernando Augusto Zito e Carlos Simão* Essa questão está se tornando cada vez mais comum na vida em condomínios, devido ao aumento significativo na venda de carros elétricos e híbridos no Brasil. De acordo com a ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores),

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?

Conflitos entre convenção e regimento interno: Qual vale?   Em um ambiente condominial, manter uma convivência harmoniosa entre os moradores é crucial para preservar um ambiente agradável e seguro para todos. No entanto, é comum surgirem questionamentos e desacordos quanto à interpretação das normas que regem o funcionamento do condomínio, especialmente em relação à convenção

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças

Fundo de reserva e fundo de obras: entenda as diferenças O que é fundo de reserva?  A gestão financeira é um dos aspectos mais cruciais na administração de um condomínio. Isso porque ela é essencial para manter as contas em ordem e garantir a manutenção da estrutura e das áreas comuns do condomínio. Existem dois

Recomendado só para você
Especialista descreve algumas situações em que essas tecnologias imersivas já…
Cresta Posts Box by CP